terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

10 Anos Despenalização do Aborto

- Número de abortos diminuiu consideravelmente
- Contracepção aumentou
- Nos últimos 5 anos nenhuma mulher morreu a fazer um aborto
- 70% aborta pela 1ª vez


domingo, 26 de fevereiro de 2017

Monsieur Trudeau's Great Ass


Carnaval 2017

Até a cadela se mascarou





Memórias do Japão 4

Todos sabemos que o Japão é altamente tecnológico. Mas também todos sabemos que máquinas são máquinas e avariam. E o que acontece quando elas avariam?
Rapidamente abre-se uma portinhola ao lado da máquina, sai um homem tipo pop--up, apanhamos um grande cagaço, e o assunto fica resolvido.




sábado, 25 de fevereiro de 2017

Paul Hamy

O actor do premiadissímo Ornitólogo do João Pedro Rodrigues não é nenhuma estampa, mas tem um Je Ne Sais Quoizinho.
Não é um Je Ne Sais Quoizão.
Apenas um Je Ne Sais Quoizinho.
;)



Especialmente quando anda a rolar nu pela praia....






sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Friday Sound #65


Claudio Capéo
Un Homme Debout

Portugal X Monocle 10 Years

E a minha revista preferida celebra o 10º aniversário, dedicando mais uma vez imensas páginas ao país preferido. Qual?
Portugal!
E quem não podia faltar?
O Presidente Marcelo!
:)))











Aqui o artigo do Observador

Das mais de 300 páginas da edição do 10.º aniversário da revista Monocle, 64 são dedicadas a Portugal. A coletânea de artigos publicados destaca que "Portugal está no meio de algo notável" e a saber aproveitar o momento. 
“Portugal está a viver um óptimo momento – e a saber aproveitá-lo”. A constatação é da revista britânica ‘Monocle’ que, por altura da comemoração do seu 10º aniversário, escolheu Portugal para capa de um caderno especial de 64 páginas. Numa coletânea de artigos, a revista indica que Portugal está a ultrapassar a crise e, ao mesmo tempo que aposta na inovação e em tecnologias, faz da tradição o ingrediente secreto para o sucesso.
Depois da nomeação de António Guterres para secretário-geral das Nações Unidas e da vitória do Europeu de futebol, Portugal está “virado para o mundo com museus como o MAAT e eventos como a Web Summit”, escreve a revista, salientando que “Portugal está no meio de algo notável”.
E o que não falta ao longo das páginas dedicadas à cultura portuguesa são rasgados elogios ao país: o clima, a gastronomia, o investimento em novas empresas, o comércio tradicional (com destaque para o fabrico de sapatos e a cortiça), a hospitalidade e a aposta no urbanismo, para tornas as cidades mais verdes e acessíveis.
Num guia de norte a sul do país, a revista dá destaque aos azulejos, à cortiça, ao vinho do Porto, ao pastel de nata, ao galo de Barcelos e às belas livrarias portuguesas, sem descuidar algumas figuras-chave como Cristiano Ronaldo, Fernando Pessoa, Camões.
“Queríamos mostrar Portugal ao mundo”, Carlota Rebelo, uma das editoras do caderno especial, explicando que os leitores são convidados a descobrir uma “nação orgulhosa, pronta para o negócio e engrenada com o resto do mundo”.
A co-editora do caderno especial acredita que “a tradição é o ingrediente secreto no sucesso que Portugal está a viver”, aliada a uma aposta intensiva nas tecnologias e empreendedorismo.
O caderno especial da ‘Monocle’ inclui também uma entrevista ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e outra ao primeiro-ministro, António Costa, “para avaliar o estado da diplomacia portuguesa e a forma como conseguiram passar ao lado da onda populista que assola a Europa”, explica Carlota Rebelo.
Fonte: O Economico

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Página 15

Passei para a pagina seguinte, e as cusquices gays lá continuavam.
Que maravilha!! Venham elas!
Então na página 15 descobri que o Leonardo Vieira foi apanhado beijando outro cara.
Nossa!!!




quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Assim Foram Os Prémios Arco-Íris 2016


Página 14

Enquanto que na página 13, o Carlos Costa fazia grande alarido, olho para a página 14 e quem lá estava? O senhor Cláudio Ramos!! - pessoa que no contexto Esquadrão do Amor gosto muito de ver e ouvir.
Pois este dizia - talvez referindo-se aos Prémios Arco Íris da ILGA  - que ser gay não é estar constantemente em luta.
Pois, doce Cláudio.
Não, não é.
Tens razão.
Mas só um reparo, enquanto andavas enganado e em negação, andavam outros a lutar, para hoje puderes ser quem realmente és.
E livre.





terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Cute


Musiqueta bichó-sentimentalona

Página 13

Ao almoço, numa revista costumeira cor-de-rosa, lia um artigo em que o Carlos Costa criticava o Rui Maria Pêgo por este estar a receber um prémio. Dizia ele, que o Rui Maria Pêgo não era merecedor do prémio - recebeu das mãos da ILGA pelo coming out que fez e como o fez - porque este tinha feito muito humor com ele e isso é bullying.
Quanto ao Carlos Costa, meu amigo se não te rires de ti e levares tudo a peito, vais ter uma vida muito amargurada.








.


domingo, 19 de fevereiro de 2017

Memórias do Japão 3

Algo que sempre me fez muita confusão no Japão foi o aquecimento das casas.
Os invernos chegam a ser bastante rigorosos, mas com aquelas casas, com paredes tão fininhas, e divisórias em papel como aquecem os japoneses a casa?



As toalhas turcas a secarem no nosso quarto em Tóquio.

Bem, as casas japonesas não têm lareiras, não tem aquecimento central, não têm paredes duplas e raramente têm ar condicionado. Quando compram aquecedores aquecem apenas uma ou duas divisões. Normalmente a sala ou o quarto. 



                              O nosso Onsen (spa nas montanhas) em Takayama. Reparem nos edredons sofisticados... :-/

Pois é, a tecnologia chegou a todo o lado no Japão, mas está a léguas dos padrões do mundo ocidental no que toca a conforto nas casas.
Nos invernos mais rigorosos a família quando se reúne, reúne-se toda à volta de uma peça central. E até para dormir o fazem. E qual é a peça central de aquecimento: o Kotatsu. 
O Kotatsu é uma pequena lareira que basicamente aquece o chá e um pouco o espaço de estar. Nas casas modernas usa-se agora um aquecedor eléctrico sob uma mesa e fechado com uns cobertores. 




Kotatsu Tradicional



Kotatsu Tradicional (imagem retirada da net)


Kotatsu Moderno elétrico (imagem retirada da net)


Kotatsu Moderno elétrico (imagem retirada da net)

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

A sensação do Sundance Film Festival


Drama gay, cenas de sexo ao vivo e um grande desconforto acompanham o persogame principal - Frankie - emquanto este se perde compulsivamente em locais de engate gay. 

Friday Sound #64


Francesco Gabbani
Occidentali's Karma

E já é uma das favoritas para o Eurovision 2017

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Michael Rocks e o Espanglês - 5 Para a Meia-Noite

Hoje ouvia o coreografo Paulo Ribeiro dizer que nós neste momento estamos a ser um exemplo para o mundo em tolerância.

Mas além da tolerância, também acho que somos um grande exemplo a falar línguas, e nisso damos 10-0 aos Nuestros Hermanos.

Ora vejam:



Michael Rocks e o Espanglês - 5 Para a Meia-Noite

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Muito Namoro Acabou Ontem

Imagino ontem as princesas europeias a exigirem atenção dos respectivos no Dia dos Namorados, e eles a quererem ver as belas 22 pernas nos relvados da Liga dos Campeões.....






segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Ir buscar a mãe...

...sair de casa, metermo-nos a caminho todos contentes, e estar quase a chegar ao destino, lembrarmo-nos de que não a fomos apanhar.
Volta atrás.
Volta atrás, passa no bairro da mãe, na rua da mãe, na porta da mãe, e
...sigo caminho!

Mas onde ando eu com a cabeça?





Feud...vem aí algo de muito bom! #2




domingo, 12 de fevereiro de 2017

Memórias do Japão 2

E quando depois de horas a passear, eu quiser descansar, sem milhões de robots à volta e até lavar a alma cantando?
Vou a um karaoke!
Gasto 1.5€ por cada meia-hora por sala (se forem 15 ficam apertadinhos, mas dá 0.10€ a cada um!), bebes refrigerantes à borla até não puderes mais e cantas os teus pecados-fetiches.
(Não, não cantei Marco Paulo, Dina ou Clemente...)






sábado, 11 de fevereiro de 2017

Jakarta